Nas frutas, uma nova fonte da juventude

nas_frutas_juventudeEm todo o mundo, bilhões de dólares estão sendo investidos nas pesquisas sobre as células-tronco, a grande esperança da medicina para enfrentar muitos problemas de saúde que ainda afligem a humanidade.
Os avanços têm sido significativos e rápidos, beneficiando não apenas quem tem problemas de saúde, mas também a grande massa de consumidores que busca produtos cosméticos para tratamentos de beleza e bem estar.

A utilização de células-tronco nesses processos vem apresentando excelentes resultados e tem aumentado o interesse por ativos que auxiliam na recomposição dos tecidos.

Um dos mais recentes – e eficientes – lançamentos nessa área são as substâncias desenvolvidas com base na tecnologia PhytoCellTec™ , da multinacional suíça Mibelle Biochemistry. Utilizando células-tronco de frutos bastante específicos (maçã Uttwiler Spätlauber e uva Gamay Teinturier Fréaux), a empresa chegou a uma inovadora linha de matérias-primas para cosméticos antienvelhecimento e de proteção solar. O ativo PhytoCellTec™ Malus Domestica or colabora para que as células-tronco da pele se renovem, dando firmeza e sustentação, reduzindo e evitando a formação de novas rugas e diminuindo a flacidez. Já o PhytoCellTec™ Solar Vitis contém fatores epigenéticos e metabólitos especiais capazes de proteger as células-tronco da pele humana contra a radiação UV.

O crescente interesse por esse tipo de insumo decorre da evolução de nossa cultura. Em todos os países, as pessoas já não se conformam em assistir passivamente o envelhecimento da pele. O conceito de beleza atualmente em vigor e procurado pela grande maioria das pessoas é o da pele jovem, sem manchas ou rugas. Mas, para manter essa boa aparência pelo maior tempo possível, apesar do avanço da idade, é necessário encontrar maneiras de retardar o processo em que a pele começa a sofrer alterações que modificarão seu aspecto gradativamente, caracterizando o envelhecimento cutâneo.

Desgaste natural

envelhecimento-precoce

Como explicam os dermatologistas, isso ocorre em função de fatores intrínsecos e extrínsecos à pele. O envelhecimento intrínseco é decorrente do desgaste natural do organismo, sem a interferência de agentes externos e equivale ao envelhecimento de todos os órgãos. A pele que envelhece apenas em função desse fator é a encontrada na face interna do braço, próxima à axila. É uma pele fina, com pouca elasticidade, mais flácida, com pequenas rugas, mas sem manchas ou alterações da sua superfície. Já o processo extrínseco, ou fotoenvelhecimento, decorre do efeito da radiação ultravioleta do Sol sobre a pele durante toda a vida. O Sol, apesar de seus efeitos benéficos, é também o principal responsável pelo envelhecimento cutâneo, pois é a sua ação acumulativa sobre a pele que faz surgirem as manchas e rugas.

E é nesses aspectos que o ativo à base de células-tronco de origem vegetal PhytoCellTec™ Malus Domestica or pode ajudar muito. Quando aplicado na pele, as células-tronco da maçã contidas na substância protegem as células-tronco da epiderme, oferecendo uma melhor resposta para que elas se tornem capazes de promover e manter o rejuvenescimento. Células-tronco são células que têm a capacidade de se especializar em diferentes tecidos humanos e de se autorregenerar.

Foi uma interessante coincidência que a maçã, na cultura ocidental tradicionalmente relacionada a conceitos como amor e sensualidade, tenha sido o ponto de partida para o desenvolvimento desse novo ativo. A Mibelle Biochemistry deu início aos estudos para chegar ao novo ativo ao constatar que um determinado tipo dessa fruta, denominado Uttwiler Spätlauber, tinha incrível capacidade de permanecer armazenada sem murchar, demonstrando ter propriedades de longevidade. É uma variedade de maçã suíça que deriva de uma muda plantada em meados do século XVIII. Atualmente, como os produtores de maçã, por razões de mercado, dão preferência aos frutos que apresentem maior produtividade e sabor doce, a Uttwiler Spätlauber, com seu sabor ácido, está desaparecendo. Mas elas são ricas em fitonutrientes, proteínas e células de longa vida.

Sobrevivência

maca_uva

Assim, o desenvolvimento do ativo, além dos benefícios a quem busca tratamentos antienvelhecimento, permitiu também a sobrevivência da planta ameaçada de extinção. Graças a essa tecnologia, as células-tronco da maçã podem ser obtidas e incorporadas em produtos cosméticos para garantir a longevidade das células da pele.

Estudos mostraram que a dupla atividade de PhytoCellTec™ Malus Domestica or ajuda as células-tronco da pele a manter suas características e sua capacidade de construir novos tecidos. Além disso, comprovaram também que a substância atrasa o envelhecimento e tem efeito antirrugas.Teste com 20 voluntários que receberam aplicações de PhytoCell- Tec™ Malus Domestica or na região dos “pés de galinha”, durante 28 dias, demonstraram que a substância diminuiu a profundidade das rugas dos participantes, que tinham entre 37 e 64 anos. Em todos os casos foi observada a melhora da aparência, indicando que PhytoCellTec™ Malus Domestica or devolve à pele as condições naturais da juventude.

Para entender o modo de atuação desse ativo, é preciso conhecer um pouco a estrutura da pele. A longevidade da pele está relacionada a células específicas, chamadas células-tronco, que têm a característica de crescimento. Essas células não especializadas (indiferenciadas) podem fazer cópias idênticas de si mesmas, bem como diferenciar-se e tornar-se células especializadas. Dois tipos básicos de células-tronco estão presentes no corpo do ser humano: as células-tronco embrionárias (encontradas em blastócitos que podem crescer e diferenciar-se em um dos mais de 22 diferentes tipos de células que compõem o corpo humano) e as células-tronco maduras que (localizadas em alguns tecidos maduros, só podem diferenciar-se em seus tipos celulares ou afins). Essas células agem como um sistema reparador do corpo, mas também mantém a diferenciação normal da regeneração de órgãos, tais como sangue, pele ou tecidos intestinais.

Na pele humana são encontradas as células-tronco adultas do tipo epiteliais, também denominadas de células germinativas, que se localizam na camada basal da epiderme. As células-tronco epiteliais têm a capacidade de reconstituir e manter o equilíbrio de células dentro da pele e regenerar o tecido ferido durante a lesão. Mas, com a idade, o número de células-tronco da pele diminui e suas habilidades de reparação/regeneração tornam-se menos eficientes.

As células germinativas/basal são as únicas células capazes de se dividir por mitose. Cada divisão de uma célula germinativa dá surgimento a duas células-filhas. Uma delas permanece no local e se divide de novo imediatamente. A outra, destacada da porção superior da célula mãe, se encontra na camada espinosa. Essa não irá se multiplicar mais, porém inicia uma migração vertical durante a qual vai se diferenciar. O tempo decorrente entre o momento em que a célula penetra na primeira camada espinosa e a saída da mesma célula por descamação é o tempo de migração. Esse também é o tempo de renovação da epiderme, o chamado turn-over epidérmico, que dura em média 21 dias.

Com o envelhecimento, o turn-over celular é reduzido, o que significa que nós perdemos o controle sobre a idade de nossa própria pele. As células-tronco da epiderme, necessárias para criar uma pele nova e saudável, são significativamente reduzidas e funcionam com menor eficiência. É nesse momento que o PhytoCellTec™ Malus Domestica or mostra sua importância. Adicionado, sempre na concentração de 0,2 a 0,5%, a formulações como séruns reparadores celulares, loções corporais protetoras, cremes de uso noturno ou cremes rejuvenescedores em geral e até mesmo a tônicos antiqueda capilar, o ativo contribui para preservar a vitalidade da pele, permitindo a redução de rugas e evitando a flacidez.

Proteção solar

protecao_solar

Por sua vez, o PhytoCellTec™ Solar Vitis é produzido a partir da polpa de uma rara variedade de uva vermelha, tolerante à radiação UV. As células-tronco dessa uva contêm fatores epigenéticos e metabólitos especiais, que são capazes de proteger as células-tronco da pele humana contra a radiação UV, o principal fator extrínseco de envelhecimento da pele. A radiação UV é responsável por 80% do envelhecimento da face. Apesar do uso de filtros solares, toxinas e agentes oxidantes são gerados pela radiação UV na pele. Isso afeta as células mais sensíveis. Usando uma nova tecnologia de segmentação de células progenitoras, comprovadamente ajuda as células-tronco da pele a manter suas características e as protege contra os raios UV. Além disso, um estudo clínico demonstrou a capacidade do ativo em aumentar a tolerância da pele à radiação UV.

PhytoCellTec™ Solar Vitis é baseado em células-tronco da uva Gamay Teinturier Fréaux. Essa planta, originária da região de Borgonha, na França, é caracterizada pela sua polpa e suco vermelhos com teor de antocianinas extremamente elevado. A maioria das variedades de uvas vermelhas têm polpa branca, mas no caso da Gamay Teinturier Fréaux, pigmentos antociânicos também estão presentes na polpa. As antocianinas são potentes antioxidantes e varredores de radicais livres. Elas agem como um “filtro solar”, absorvendo a radiação UV. A sua eficácia é ainda reforçada pela interação com outras substâncias fitoquímicas presentes na uva.

Diversos estudos foram realizados para verificar a eficácia do PhytoCellTec™ Solar Vitis. Uma das características testadas foi a capacidade de formar colônias, chamada CFE (eficiência de formação de colônia). Para mensurar a CFE, as células são semeadas em pequena quantidade. O número de colônias formadas é o valor da concentração das células-tronco, ou células progenitoras. Células obtidas com base em novíssimas e eficientes tecnologias foram tratadas com diferentes concentrações de PhytoCellTec™ Solar Vitis, e seu efeito foi avaliado. Os resultados mostraram a capacidade do ativo em aumentar a força na formação de colônias. O aumento foi de quase 50% com 0,04% de PhytoCellTec™ Solar Vitis e quase 80% com adição de 1,25%. Esse teste mostra claramente a eficácia desse insumo em manter as características das células-tronco epidermais.

Para medir a proteção contra raios UV, novamente as células foram tratadas com e sem PhytoCellTec™ Solar Vitis. Após a preparação, foram irradiadas com luz UVA/B e determinado CFE. Houve diminuição de 58% de CFE após a radiação nas células controle, e na presença de PhytoCellTec™ Solar Vitis o índice manteve-se no mesmo nível, ou seja, ele conteve completamente o efeito nocivo dos raios UVA/B.

A capacidade de PhytoCellTec™ Solar Vitis em proteger a pele contra os raios UV induzidos também foi avaliada em um estudo determinando o DEM(dose eritematosa mínima) na pele de 20 voluntários com idades entre 19 e 63 anos. As áreas de teste foram tratadas uma vez com um creme com FPS 10 (placebo) e com creme FPS 10 + 0,4% PhytoCellTec™ Solar Vitis. Em seguida, a pele foi irradiada com doses de UV, cujas intensidades foram na faixa do DEM multiplicado pelo FPS.

A pele foi avaliada 24 horas depois, em relação à vermelhidão. Nesse estudo, Phyto-CellTec™ Solar Vitis aumentou significativamente a DEM em comparação com o placebo. A pele tolerou uma dose de UV 25% maior, e que corresponde a um aumento do FPS de 10 para 13. PhytoCellTec™ Solar Vitis pode, assim, proteger a pele contra os raios UV e contribuir para o incremento de FPS, sendo especialmente interessante em formulações de proteção solar.

A ação do PhytoCellTec™ Malus Domestica or Efeito antiaging com células-tronco

Protege a longevidade das células-tronco da pele;
Atrasa o envelhecimento de células essenciais;
Aumenta a vitalidade das células-tronco da pele;
Previne o envelhecimento cronológico.
Aplicações

Formulações cosméticas avançadas com células-tronco;
Rejuvenescimento real para o cuidado do rosto e do corpo;
Formulações inovadoras para cuidados da pele.
Benefícios do PhytoCellTec™ Solar Vitis – Proteção extra contra os raios UV

Protege as células-tronco da pele contra os raios UV;
Aumenta a tolerância da pele aos raios UV;
Incrementa o FPS das formulações;
Previne o fotoenvelhecimento.
Aplicações

Formulações avançadas com células-tronco;
Produtos para rosto e corpo para proteção de células-tronco;
Cuidado diário da pele contra o fotoenvelhecimento;
Produtos diversos para proteção solar.

Fonte: http://www.pharmanostra.com.br/revistaonline/edicao-24/capa24